23 de nov de 2016

LUCIANO CONCEIÇÃO - Recitei-me


Na pele pigmento de melanina
Na mente inquietação
Sou o acúmulo de experiências, sou vivências
Sou negritude, sou essência
Não sou adjetivo, sou substantivo
Sou uma constante transformação
Não sou unidade, sou interatividade
Sou a negação do universo, sou multiversos
Sou a palavra que irradia, sou poesia!

3 comentários:

Midian disse...

Belas palavras Prof°

Jorge Alberto Santana de Jesus Bebeto disse...

Você é show!

Orlando de Almeida disse...

Belíssima. Continue nos prestigiando com mais poesias como essa.