5 de ago de 2016

LUCIANO CONCEIÇÃO - Autoconhecimento e vida profissional

Não há dúvidas que o mercado de trabalho é implacável, a cada dia torna-se mais competitivo! No afã de alcançar os melhores resultados possíveis e assegurar a sua longevidade, empresas procuram recrutar os melhores profissionais para suas trincheiras. Se você deseja ser contratado por uma grande empresa, prepare-se para as batalhas diárias, "vista-se com as roupas e as armas de Jorge". Aprenda a lidar com as adversidades!

O sucesso, a glória é o que desejamos! O caminho não é fácil, mas não é motivo para desanimar! Recomendo que erga a cabeça e enfrente as possíveis vicissitudes e dificuldades. Nós temos sonhos e naturalmente desejamos transformá-los em realidade. Certamente as possibilidades de transformar os sonhos em realidade estão atreladas aos resultados alcançados por meio da nossa vida profissional.

Precisamos ter consciência que no mercado de trabalho somos percebidos como um “produto”.  Nossa aparência (roupa, sapato, corte de cabelo, postura etc.) é como a nossa embalagem. As relações interpessoais, nosso tom de voz, a forma de gesticular, são como uma propaganda, funcionam como um canal de comunicação. O produto em si, aquilo que as empresas querem consumir, nada mais é que a nossa formação profissional e experiências adquiridas, resumindo, nossos conhecimentos, habilidades e atitudes.

O caminho para felicidade inicia com o autoconhecimento. Precisamos nos analisar, descobrir quem somos e o que necessitamos para encontrar  alegria no que realizamos. Motive-se! Trabalhe para ser feliz e encontre a felicidade trabalhando. Segundo Sêneca, filósofo nascido em Espanha, no ano 4 a.C: “Uma alegria só pode ser resultado da consciência das próprias virtudes: apenas o homem forte, o homem justo, o homem moderado pode ter alegria”.  

Por que buscar o autoconhecimento? Acredito que seja de extrema importância, muito mais que uma escolha, ter conhecimento aprofundado sobre si mesmo é uma necessidade! Porque o autoconhecimento é a conscientização, o julgamento dos próprios atos, é o que nos permite concentrar energia no que vale a pena, bem como eliminar o que não é auspicioso.

Nas palavras de Malcolm X: “as únicas pessoas que realmente mudaram a história foram as que mudaram o pensamento dos homens a seu próprio respeito”. A partir dessa perspectiva é relevante atentar para o fato que nem sempre a percepção que temos a nosso respeito, condiz com a percepção das outras pessoas. Há evidências que essas diferenças perceptuais podem influenciar nos relacionamentos interpessoais de forma negativa ou positiva.

A escolha sempre será sua, mas construir uma imagem positiva é fundamental, ao passo que uma imagem negativa costuma cercear oportunidades, pois da mesma forma como ninguém quer voltar a sentir dor de cabeça, dor de ouvido, também não quer por perto alguém que seja pessimista, que tenha mau humor, que não transmita confiança, positividade e boas recordações. A verdade é que as pessoas não estão dispostas a repetir qualquer tipo de experiência desagradável.

Planeje, organize, dirija, controle e assuma a responsabilidade de tornar seus sonhos uma realidade.  “O autoconhecimento é o caminho que ninguém pode fazer por você”. Decerto é o ponto de partida para que as pessoas consigam encontrar sua essência.

"...Ele foi viver e a terra regar
Colher os frutos bons pra sua vida
Foi atrás dos seus sonhos, de sua liberdade
Ele só quer amor e muita positividade..." 

AUTOR: Luciano Conceição

Um comentário:

Wesley Ribeiro disse...

Sempre gratificante poder aprender dessa maneira, observando vivências. Parabéns!
Obs: Publique mais experiências assim que possivel neste 2017. Abraço!