28 de abr de 2013

VALTER DA ROSA BORGES - A vida


Inventamos a linha reta
e queremos que nossa vida
seja uma linha reta.
A Vida não é geometria, 
mas uma farra de formas. 
Há coisa mais monótona 
do que o corredor? 
Ele é ótimo para as correntes de ar 
e os fantasmas. 
A vida é um labirinto 
cheio de passos e de impasses.
A vida é o caos que o homem tenta
inutilmente disciplinar. 
Só o caos é criativo. 
A ordem produz rotinas
e é repressora do inédito.
Quando o caos se cansa, 
vira ordem.



Nenhum comentário: