25 de abr de 2013

SÊNECA - Aprendendo a viver


“Em tudo, leva em conta a finalidade das coisas, deixando de lado, portanto, o supérfluo. A fome castiga-me, pego o que está mais a mão; ela própria dará sabor ao que eu escolher. O faminto não se ofende com nada.”

Nenhum comentário: